Ejaculação Precoce – Causas

A causa principal da ejaculação precoce é a tensão, e isso pode começar muito cedo. Suas tensões podem ser criadas em você mesmo quando você está lá no útero da sua mãe. Se a sua mãe teve vergonha de se relacionar quando estava grávida, se seu pai tinha vergonha, ou se ela mesma é cheia de medos e preconceitos, assim como se seu pai é cheio de medos e preconceitos, eles estão te passando essa mensagem como feto. Você, ali no útero, já estava recebendo essa carga, esse peso, e então você nasce. Na própria amamentação já existe um conteúdo sexual. Ao mamar, se tem um prazer ligado à sexualidade e não é muito absurdo dizer isso, afinal de contas o seio é uma zona erógena. Por que os homens ao transar gostam de chupar o seio e a mulher gosta que chupem seus seios? Porque no mamar tem uma coisa de prazer e isso é natural, não tem nada de perversão.

Isso só é considerado uma perversão porque a sociedade considera o sexo uma perversão, mas isso é só loucura. Agora, se ao amamentar a mãe fica muito fissurada, aí começa a substituir o prazer sexual com seu parceiro pelo da amamentação, o que vai gerar naquela criança uma fissura com a mãe.

 

E aí começa a seguir vida quando a criança começa a se identificar sexualmente, mexer nos seus genitais, brincar com outras crianças. Aí você é reprimido, desconsiderado, e isso vai fazer com que você se contraia, se reprima. Essas repressões e contrações criam tensões na sua pélvis – e se você está numa família onde não pode expressar sentimentos, não pode expressar sua raiva, você fica ainda mais tenso e mais contraído. Sua pélvis vai endurecer mais e é assim que você chega à adolescência.

 

Dependendo da maneira como isso é lidado pelos pais – por exemplo, se sua mãe te valida sexualmente, ou se pais validam sexualmente ou têm vergonha em relação às suas filhas – isso vai criar mais tensões. O tipo de relação que o homem tem com a mãe também importa: se você tem medo, se deseja sua aprovação, se você a idolatra, tudo isso vai influenciar a sua relação com as mulheres.

 

O resultado na vida adulta: um corpo tenso, rígido e duro não consegue segurar a energia. Então, numa relação sexual, quando a energia sobe e você não aguenta, ejacula. O grau de ejaculação precoce tem a ver com as tensões em relação à sexualidade e à carga emocional da infância. Você não nasceu com ejaculação precoce, nem ninguém tem esse defeito. Se as causas são criadas durante a sua existência, é possível reverter a situação. E é preciso a sua responsabilidade para isso.